Html code here! Replace this with any non empty raw html code and that's it.
Home Cidades Dois projetos para adolescentes saídos do socioeducativo

Dois projetos para adolescentes saídos do socioeducativo

- Advertisement -

Foi divulgado, nesta terça-feira (6), o resultado final dos projetos voltados ao atendimento dos adolescentes e jovens egressos do Sistema Socioeducativo, selecionados para receber recursos do Fundo dos Diretos da Criança e do Adolescente (FDCA/DF). De acordo com a publicação no Diário Oficial (DODF), duas Organizações da Sociedade Civil foram convocadas para formalizar parceria com o Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente (CDCA/DF), colegiado vinculado à Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) e responsável pela gestão do fundo.

“O que nós queremos é preparar esses jovens para o processo de transição entre a medida socioeducativa e o retorno à vida familiar e social, fortalecendo a cidadania, autonomia e protagonismo deles”Marcela Passamani, secretária de Justiça

Os convocados são o Instituto de Educação, Esporte, Cultura e Artes Populares – Iecap, que apresentou a proposta “Janela do Futuro”, e o Instituto Solar do Sentir Educação e Vida, com o projeto “Ecossocioeducação: formação de lideranças comunitárias e empreendedorismo social para jovens egressos do sistema socioeducativo no DF”. As instituições devem apresentar o Plano de Trabalho e a documentação de habilitação até o dia 27 de abril.

No total, serão investidos R$ 3,4 milhões para executar as duas iniciativas, que atenderão adolescentes que já cumpriram medidas de internação, semiliberdade e meio aberto. Os adolescentes atendidos terão acesso a atividades culturais, esportivas e de lazer, cursos de capacitação profissional, acompanhamento escolar e atendimento psicossocial.

“O que nós queremos é preparar esses jovens para o processo de transição entre a medida socioeducativa e o retorno à vida familiar e social, fortalecendo a cidadania, autonomia e protagonismo deles. É assim que vamos contribuir para a redução da reincidência infracional”, afirma a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani.

A proposta é que os adolescentes atendidos também recebam uma bolsa de ajuda de custo mensal no valor de, no mínimo, R$ 400,00 durante o período de acompanhamento, que deve ser de, no máximo, 12 meses.

Ajude o Fundo da Criança e do Adolescente

Qualquer cidadão e empresa pode doar para o Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente (FDCA/DF). Apenas neste ano, foram selecionados mais de 30 projetos que serão financiados com esses recursos.

“As doações viabilizam ações importantes e que podem mudar a vida de milhares de meninos e meninas, especialmente os que vivem nos locais mais vulneráveis do DF”, explica a subsecretária de Políticas para Crianças e Adolescentes da Sejus e presidente do CDCA/DF, Fabiana Gadelha.

Leia também

imagem07-04-2021-03-04-33

Fala, Adolescente!

Foto: arquivo Agência Brasília (meramente ilustrativa)

Cestas básicas para adolescente infrator e familiares

imagem07-04-2021-03-04-35

190 adolescentes do Sistema Socioeducativo se inscreveram para o Enem

É possível fazer uma doação diretamente da Declaração de Ajuste Anual do IRPF2021, até o dia 30 de abril. Nesse caso, o contribuinte pode destinar até 3% do imposto devido para o fundo, sem gastar nada a mais com isso.

As doações feitas para o fundo e para entidades de atendimento a crianças e adolescentes cadastradas no CDCA ao longo de 2020 também devem ser declaradas no IRPF2021. Nesse caso, o percentual a ser descontado está limitado a 6% do Imposto de Renda apurado na declaração.

*Com informações da Sejus

Fonte: www.agenciabrasilia.df.gov.br/2021/04/06/dois-projetos-para-adolescentes-saidos-do-socioeducativo

- Advertisement -
- Advertisement -

Stay Connected

16,985FansLike
2,458FollowersFollow
61,453SubscribersSubscribe

Must Read

- Advertisement -

Related News

- Advertisement -