quarta-feira, julho 28, 2021
HomeNotíciasEstatal venezuelana envia ouro a Cabo Verde para tentar comprar liberdade de...

Estatal venezuelana envia ouro a Cabo Verde para tentar comprar liberdade de Álex Saab, o principal operador financeiro de Nicolás Maduro — Conexão Política

A estatal venezuelana Minerven enviou ouro a Cabo Verde com o objetivo de tentar comprar a liberdade do principal operador financeiro de Nicolás Maduro, Álex Saab, detido na ilha africana.

Uma fonte citada pela mídia argentina Infobae que pediu seu anonimato, garante que grandes quantidades de ouro estão sendo enviadas da Venezuela para Cabo Verde. A intenção dos embarques é abrir caminho para a liberação da Álex Saab.

imagem27-12-2020-19-12-12

Alex Naín Saab Morán

Minería de Venezuela (Minerven)

Em 2011, a empresa Minería de Venezuela (Minerven) planejou a longo prazo a criação de uma planta de refino de ouro em El Callao, estado de Bolívar, com capacidade de processamento de 100 toneladas por ano, segundo nota da Infobae.

A Corporação Venezuelana de Guayana Minerven CA. (CVG Minerven) é uma empresa responsável pela exploração de ouro. A empresa, criada pelo então presidente Rafael Caldera em 1970, foi nacionalizada em 1974 por Carlos Andrés Pérez. Desde 2013, ela sofre uma série de ações, que começam com a intervenção que Nicolás Maduro fez dela. Suas ações assolaram a Petróleos de Venezuela (PDVSA) em 2015.

No âmbito do congresso do Partido Socialista da Venezuela (Psuv), em agosto de 2018, Maduro disse que a Minerven seria reestruturada para que cada lingote produzido seja para a riqueza do país, disse ele.

O Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros (Ofac), do Departamento do Tesouro dos Estados Unidos, impô sanções à Minerven e seu presidente, Adrián Perdomo Mata.

Carlos Rolando Lizcano Manrique

Segundo a fonte do jornal argentino, Carlos Rolando Lizcano Manrique, braço direito de Álex Saab na Venezuela, é o responsável pela operação. O embarque de ouro venezuelano para a nação insular africana é feito com o apoio da estatal venezuelana Minerven.

Lizcano Manrique administra grande parte dos negócios da Saab na Venezuela. Ele também está ligado a Álvaro Pulido, reconhecido como parceiro de Maduro.

“A influência deles na Minerven é inquestionável”, disse a fonte, lembrando que por essa rota eles controlam o ouro.

“Carlos Lizcano administra a Minerven por meio de Carlos Sánchez”, disse o informante da Infobae. Ele acrescentou que todas as instruções são dadas pelo  ‘El Tigre’; que seria o codinome com que se referem ao colombiano Álex Saab, detido em Cabo Verde.

O objetivo de todo o ouro é conseguir a libertação de Alex Saab, confirmou o informante.

“O ouro que estão a tirar da Minerven está a ser enviado para Cabo Verde, porque precisam de chegar a toda a rede necessária para tirar Alex Saab da prisão”, disse a fonte à Infobae.

De acordo com a fonte, Álex Saab tem na Venezuela, através de Lizcano Manrique, uma frota de oito aviões com os quais transportam pessoas para as minas ou para qualquer parte da Venezuela, e por isso Lizcano entra e sai de qualquer aeroporto do país sem restrições.

Autoridades colombianas e americanas investigaram e solicitaram que Lizcano comparecesse aos tribunais desses países, mas ele se instalou em um prédio de propriedade da Saab, de Las Mercedes, em Caracas, onde também vive uma importante estrutura de pessoal que o colombiano tem na capital do país.

“Em um estacionamento, ele tem cerca de 3 carros de luxo: Haylux, Fortuner e Four Runner e cinco Mercedes Benz.”

Os escritórios da Lizcano encontram-se no Altamira Business Center em Caracas, e de lá é administrada a grande rede de negócios que Saab e a empresa instalaram no país.

Segundo a Infobae, em 18 de agosto, um deputado da Assembleia Nacional pelo partido opositor ‘Primero Justicia’ disse que “um dos passageiros frequentes do YV 3441, interceptado pelas autoridades americanas e carregado com armas e quantias em dinheiro, é Carlos Rolando Lizcano, um ator-chave nas estruturas criminosas de Alex Saab”.

imagem27-12-2020-19-12-13

Carlos Rolando Lizcano Manrique

Manobras para libertação

Álex Saab atua em várias frentes para conseguir sua libertação. Por um lado, sua equipe jurídica tenta diferentes manobras para tentar pelo menos conceder-lhe o benefício da prisão domiciliar.

Mas, essa não é a única tentativa. A possibilidade de uma operação de resgate sempre foi cogitada para a libertação de Álex Saab. E por esse motivo, os Estados Unidos mobilizaram recursos militares significativos para tentar desencorajar qualquer tentativa nesse sentido.

Leia também: Avião russo “ex-KGB”, com carga pesada, passa por Belém, Cuba, Venezuela e faz parada em Cabo Verde

 

 

 

Fonte: conexaopolitica.com.br/mundo/venezuela/estatal-venezuelana-envia-ouro-a-cabo-verde-para-tentar-comprar-liberdade-de-alex-saab-o-principal-operador-financeiro-de-nicolas-maduro/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=estatal-venezuelana-envia-ouro-a-cabo-verde-para-tentar-comprar-liberdade-de-alex-saab-o-principal-operador-financeiro-de-nicolas-maduro

RELATED ARTICLES
- Advertisment -
Google search engine

Most Popular