quarta-feira, julho 28, 2021
HomeNotíciasSidney Powell parte pra cima da Smartmatic e seu advogado diz que...

Sidney Powell parte pra cima da Smartmatic e seu advogado diz que ela "não vai se retratar de nada" — Conexão Política

O advogado Lin Wood disse que representará a advogada Sidney Powell, depois que a Smartmatic exigiu que ela retirasse as declarações alegando que a empresa estava envolvida em fraude eleitoral durante a eleição de 3 de novembro.

“Conhecendo minha formação e experiência em direito de difamação, Sidney [Powell] me pediu para representá-la e responder à ameaça de litígio da SmartMatic”, escreveu Wood no Twitter.

“Como tudo o que Sidney diz sobre fraude eleitoral é documentado como VERDADEIRO, minha resposta à SmartMatic foi simples e direta”, disse o advogado Lin Wood.

A Smartmatic enviou anteriormente uma carta exigindo retratações das mídias Newsmax, One America News Network e Fox News.

Wood, que representou com sucesso vários indivíduos de alto perfil em processos por difamação, postou uma resposta por e-mail para J. Erik Connolly da Benesch, Friedlander, Coplan & Aronoff LLP, a empresa que representa a Smartmatic.

O agora defensor de da advogada Sidney Powell, ele também publicou a carta que a empresa enviou a Powell exigindo uma “retratação”.

Na carta, Wood escreveu: “Revisei cuidadosamente sua carta de 15 de dezembro de 2020. Não estou impressionado. A Sra. Powell não se retrata de nada. Registre sua reclamação”, afirmou ele, sem rodeios.

A mensagem de Wood foi retuitada por Powell em 20 de dezembro para seus mais de 1,2 milhão de seguidores na rede social.

De acordo com o que parece ser uma cópia da carta do escritório de advocacia para Powell, a carta afirmava que ela “participou de uma campanha de desinformação orquestrada contra a Smartmatic” e “apareceu em várias redes de notícias, incluindo, mas não se limitando à Fox News , Fox Business e Newsmax”.

A empresa afirma que Powell “disse a milhões de telespectadores que a Smartmatic foi criada sob a direção de Hugo Chávez, que seu software foi projetado para consertar eleições e que Smartmatic conspirou com outros para fraudar o povo americano e consertar as eleições americanas de 2020 mudando, inflando e eliminando votos”.

A empresa pediu que Powell retirasse seus comentários, alegando quea difamação afetou os negócios da empresa. A carta sugere que a Smartmatic, por meio de seus advogados, abrirá um processo por difamação.

A empresa acrescentou na carta que seu software e sistemas foram usados ​​apenas no Condado de Los Angeles durante a eleição de 3 de novembro, acrescentando que “não tem vínculos com a Dominion Voting Systems”.

Na semana passada, a Dominion também enviou uma carta a Powell exigindo uma retratação. A empresa frequentemente nega que suas máquinas possam trocar votos ou que tenha laços com governos estrangeiros.

Com informações do The Epoch Times.

Fonte: conexaopolitica.com.br/mundo/eua/sidney-powell-parte-pra-cima-da-smartmatic-e-seu-advogado-diz-que-ela-nao-vai-se-retratar-de-nada/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=sidney-powell-parte-pra-cima-da-smartmatic-e-seu-advogado-diz-que-ela-nao-vai-se-retratar-de-nada

RELATED ARTICLES
- Advertisment -
Google search engine

Most Popular