Html code here! Replace this with any non empty raw html code and that's it.
Home Notícias EUA impõem sanções severas à Turquia por regime islâmico fazer acordo com...

EUA impõem sanções severas à Turquia por regime islâmico fazer acordo com a Rússia — Conexão Política

- Advertisement -

O Governo Trump impôs nesta segunda-feira (14) novas sanções severas contra a Turquia, membro da OTAN, por sua compra de sistemas de defesa antimísseis russos.

As sanções incluem proibir todas as licenças de exportação e empréstimos dos EUA à agência que compra os sistemas de defesa da Turquia. Elas também incluem o congelamento de todos os ativos pertencentes a várias autoridades militares do governo turco e de indústrias do setor de defesa, e barram suas entradas em território americano.

Os sistemas S-400 recentemente adquiridos são apenas mais um impasse na série de eventos que a república islâmica vem tecendo há anos, enquanto a Turquia continua em desacordo com os EUA por causa de suas ações na Síria, no conflito entre a Armênia e o Azerbaidjão e no leste do Mediterrâneo.

“Os Estados Unidos deixaram claro para a Turquia nos níveis mais altos e em várias ocasiões que a compra do sistema S-400 colocaria em risco a segurança da tecnologia e do pessoal militar dos EUA e forneceria fundos substanciais ao setor de defesa da Rússia, bem como o acesso russo ao as forças armadas turcas e a indústria de defesa”, disse o Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo.

“A Turquia, no entanto, decidiu prosseguir com a aquisição e teste do S-400, apesar da disponibilidade de sistemas alternativos e interoperáveis ​​da OTAN para atender às suas necessidades de defesa”, disse ele em um comunicado.

“Exorto a Turquia a resolver o problema do S-400 imediatamente em coordenação com os Estados Unidos”, disse Pompeo. “A Turquia é um aliado valioso e um importante parceiro de segurança regional para os Estados Unidos, e buscamos continuar nossa história de décadas de cooperação produtiva no setor de defesa, removendo o obstáculo da aquisição do S-400 da Turquia o mais rápido possível.”

As sanções fazem parte de uma lei dos EUA de 2017 que visa revidar a Rússia caso o governo americano suspeite que haja uma causa significativa para retaliar. A medida é a primeira vez que uma lei, conhecida como CAATSA, é usada para penalizar um aliado dos EUA.

O ministro da Defesa da Turquia condenou as sanções, dizendo que a decisão “abalou todos os valores de nossa aliança”.

“Está claro que a aprovação de um membro da OTAN não só ferirá o espírito de aliança, mas também abalará a confiança entre os aliados de seu núcleo”, disse Hulusi Akar, acrescentando que a Turquia tem sérias preocupações de segurança e tomará todas as medidas para proteger seus cidadãos .

Mas um oficial de defesa turco disse que não prevê nenhuma mudança nas relações com os Estados Unidos. Ismail Demir, chefe da agência de compras militares da Turquia, disse que os aliados da Otan continuarão trabalhando juntos.

“Esta é uma ocasião que deve ser avaliada em seus próprios termos e acho que esperamos que não afete muito as relações”, disse Demir à imprensa.

A Turquia testou o sistema de defesa antimísseis pela primeira vez em outubro.

Vários membros do Congresso americano apoiaram a iniciativa de responsabilizar a Turquia, incluindo o senador republicano, James Lankford, que disse que as sanções são “o primeiro passo certo na direção certa”.

Fonte: conexaopolitica.com.br/ultimas/eua-impoem-sancoes-severas-a-turquia-por-regime-islamico-fazer-acordo-com-a-russia/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=eua-impoem-sancoes-severas-a-turquia-por-regime-islamico-fazer-acordo-com-a-russia

- Advertisement -
- Advertisement -

Stay Connected

16,985FansLike
2,458FollowersFollow
61,453SubscribersSubscribe

Must Read

- Advertisement -

Related News

- Advertisement -