segunda-feira, setembro 20, 2021
HomeCidadesConfira as atividades paralelas ao Festival de Cinema de Brasília – Agência...

Confira as atividades paralelas ao Festival de Cinema de Brasília – Agência Brasília

Como um centro irradiador de ideias, o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (FBCB) se prepara para discutir o momento do audiovisual brasileiro e prospectar os caminhos para um futuro, nitidamente ameaçado pelas políticas públicas para o setor.

Curador e diretor artístico do 53° FBCB, Silvio Tendler cuidou de cada detalhe dessa programação paralela que surge tão potente quando às mostras de filmes. Muitas ideias para as mesas vieram de um trabalho de coleta de sugestões feito com a classe artística.

Leia também

Cineastas comemoram a 53ª edição do Festival de Cinema de Brasília

Foto: Agência Brasília/Arquivo

Selecionados 30 filmes para o Festival de Cinema

Foto: Divulgação Secec

Bartolomeu Rodrigues: ‘O 53º Festival de Cinema terá alcance nacional’

imagem14-12-2020-17-12-47

Conheça os selecionados para o Festival de Cinema

“Vamos debater da situação atual da Cinemateca até questões ligadas às representatividades de cineastas negros, LGBTQI+ e de mulheres”, destaca. Em 1996, quando foi presidente do Festival de Brasília e então secretário de Cultura e Esportes do DF, Silvio Tendler revolucionou o modelo do FBCB ao fortalecer as ações paralelas e formativas. “É muito importante para os cineastas de todas as gerações essas trocas e o Festival de Brasília, por ser o mais político de todos, é a vitrine dos debates”. Todas as atividades serão abertas ao público e remotas em salas da plataforma Zoom, com algumas delas transmitidas ao vivo pelo YouTube da Secretaria de Cultural e Economia Criativa (Secec). As oficinas precisam de inscrições prévias pelo e-mail: [email protected];[email protected]

Eentre os participantes, há cineastas e artistas que fizeram a história do Festival de Brasília e do cinema nacional, como Helena Ignez, Luiz Carlos Barreto, Joel Zito Araújo e Marcela Cartaxo. “Reunimos um time de primeira grandeza proporcional à magnitude do Festival de Brasília”, comemora Silvio Tendler.

A 53ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (FBCB) acontece de 15 a 20 de dezembro de 2020, com exibição pelo Canal Brasil (somente para a Mostra Oficial de Longa-Metragem) e plataforma dos Canais Globo (Mostra Oficial de Curta-Metragem e Mostra Brasília).

Veja a programação oficial do FBCB

15/1214h às 17h

Oficina TRILHA SONORA NO AUDIOVISUAL

Com DAVID TYGEL

Sinopse: Davi Tygel é um dos mais importantes compositores de trilha para os filmes brasileiros. Fundamental pela qualidade e quantidade do seu trabalho premiado nos principais festivais de cinema do Brasil.

Inscrição: [email protected];[email protected]

Plataforma: Zoom

14h30 às 16h

Mesa 1 – AS PROTAGONISTAS DE 2020! – OS DESTAQUES FEMININOS DE 2020

Sinopse: As mulheres que fizeram o cinema acontecer em 2020! Livros, filmes e políticas do audiovisual que fizeram a diferença.

Mediação: Cibele Amaral

Convidadas: Minom Pinho, Luiza Lusvarghi, Letícia Godinho e Débora Ivanov.

Plataforma: Zoom

15h às 17h

Mesa 2 – BRASÍLIA 60 ANOS – FILMES E PERSONALIDADES QUE MARCARAM O FESTIVAL DE BRASÍLIA

Sinopse: Histórias, memórias, lembranças dos que viveram e fizeram história nas 53 edições do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.

Mediação: Denise Costa Lopes

Convidados: Rosemberg Cariry, Neville D´Almeida, Helena Ignez, André Luís Oliveira, Walter Carvalho, Luiz Carlos Barreto, Jordana Berg.

Plataforma: Zoom com transmissão pelo Canal do YouTube da SECEC

15h às 16h30

Mesa 3 – POLÍTICAS PÚBLICAS DE PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL: ASPECTOS NACIONAIS E REGIONAIS

Sinopse: Todos os acervos que existem no Brasil para preservar a memória. Os museus de imagem e de som e as cinematecas regionais. A mesa vai debater o futuro da nossa memória audiovisual.

Mediação: Fabiana Ferreira((IBRAM/ABPA)/Débora Butruce (presidente da ABPA)

Convidados: – José Quental (MAM), Laura Bezerra, Marcus Mello (Cinemateca Capitólio), Mary Land Brito (coordenadora da Cinemateca Potiguar), Rodrigo Torres (programador Cine Brasília), Angélica Gasparott, Ester Kimura.

Plataforma: Zoom

18h às 20h

Mesa 4 – CINEMATECA BRASILEIRA – MEMÓRIA E IDENTIDADE

Sinopse: Homenagem do 53. FBCB à Cinemateca Brasileira que passa difíceis momentos, importantes depoimentos marcarão esse encontro.

Mediação: Roberto Gervitz.

Convidados: Cacá Diegues, Vladimir Carvalho, Eduardo Escorel, Silvio Tendler, Ana Maria Magalhães e Aurélio Michiles.

Plataforma: ZOOM com transmissão pelo Canal do YouTube da SECEC

16/12

10h às 10h40

DEBATE LONGA – ESPERO QUE ESTA TE ENCONTRE E QUE ESTEJAS BEM

Plataforma: Zoom com transmissão pelo Canal do YouTube da SECEC

Mediação: Luciana Costa

11h às 13h

Mesa 5 – ENCONTRO COM O DIRETOR KEN LOACH: O CINEMA COMO FERRAMENTA POLÍTICA

Sinopse: O grande mestre de cinema, o inglês Ken Loach comparecerá virtualmente no 53° FBCB para uma conversa com seus colegas brasileiros.

Mediação: Flávia Guerra

Plataforma: ZOOM com transmissão pelo Canal do YouTube da SECEC (com tradução simultânea)

14h às 17h

TRILHA SONORA NO AUDIOVISUAL (OFICINA)

Com DAVID TYGEL

15h às 17h

Mesa 6 – 40 ANOS DA PRODUÇÃO PELA RAIZ DE “O HOMEM QUE VIROU SUCO” / 15 ANOS DA RESTAURAÇÃO DO FILME PELO CPCB

Sinopse: O Centro de Pesquisadores do Cinema Brasileiro é o protagonista dessa homenagem ao filme “O Homem que Virou Suco”.

Mediação: Myrna Brandão (pesquisadora, jornalista, escritora – coordenação da restauração do filme)

Convidados: João Batista de Andrade; José Dumont; João Luiz Vieira (professor da UFF)

Plataforma: Zoom

16h às 18h

SENSO CRÍTICO E OLHAR SENSÍVEL NO DOCUMENTÁRIO   (OFICINA)

Com DANIELA BROITMAN

Sinopse: Desenvolver senso crítico e um olhar sensível pode ser uma ferramenta fundamental para a construção de novas narrativas neste momento de pandemia, com tantas restrições. Como construir personagens e criar narrativas sem cair no lugar comum?

Com Daniela Broitman: roteirista, diretora e produtora dos premiados documentários “Marcelo Yuka no Caminho das Setas”, “Dorival Caymmi – Um Homem de Afetos”, entre outros.

Plataforma: Zoom

Inscrição: [email protected];[email protected]

17h às 18h30

Mesa 7 – CINEMA NEGRO

O cineasta Joelzito Araújo mediará esse importante debate com Lázaro Ramos sobre o cinema negro brasileiro. Fazer, assistir e ser protagonista e espectador.

Mediação: Joel Zito Araújo.

Convidados: Lázaro Ramos, Renata Martins e Camila Moraes

Plataforma: Zoom com transmissão pelo Canal do YouTube da SECEC

17/12

9h às 12h

NARRATIVA DE FICÇÃO (OFICINA)

Com HERMES LEAL

10h às 11h

DEBATE LONGA – LONGE DO PARAÍSO

Mediação: Luiz Carlos Merten

Plataforma: Zoom com transmissão pelo Canal do YouTube da SECEC

14h às 17h

TRILHA SONORA NO AUDIOVISUAL (OFICINA)

Com DAVID TYGEL

16h às 18h

SENSO CRÍTICO E OLHAR SENSÍVEL NO DOCUMENTÁRIO   (OFICINA)

Com DANIELA BROITMAN

15h às 17h

Mesa 8 BRASÍLIA 60 ANOS – FILMES E PERSONALIDADES QUE MARCARAM O FESTIVAL DE BRASÍLIA (SEGUNDA FASE/RETOMADA)

Sinopse: Histórias, memórias, lembranças dos que viveram e fizeram história nas cinquenta e três edições do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.

Mediação: Sérgio Moriconi.

Convidados especiais: Sérgio Fidalgo e Luís Turiba.

Convidados: Murilo Salles; Lírio Ferreira; Tata Amaral; Laís Bodanzky; Alessandra Negrini, Joel Pizzini, Edgar Navarro; Marcélia Cartaxo.

Plataforma: Zoom com transmissão pelo Canal do YouTube da SECEC

18/12

9h às 12h

NARRATIVA DE FICÇÃO (OFICINA)

Com HERMES LEAL

10h às 11h

DEBATE COMPETITIVA A LUZ DE MARIO CARNEIRO

MEDIAÇÃO: Anna Karina

11h às 12h

DEBATE CURTAS – TEMÁTICAS DE VIOLÊNCIAS E INSURGÊNCIAS LGBTQIA+:

Plataforma: ZOOM com transmissão pelo Canal do YouTube da SECEC

INABITÁVEL/ INABITÁVEIS/DISTOPIA

Mediação:  LECCO FRANÇA

Plataforma: Zoom com transmissão pelo Canal do YouTube da SECEC

11h às 13h

Mesa 09 – LIBERDADE DE CRIAÇÃO, DIREITOS AUTORAIS E USOS LIVRES

Com a participação de advogados e desembargadores, discutirão o “fair use” no cinema documentário.

Plataforma: Zoom

MEDIAÇÃO: DANIELA BROITMAN

Convidados: Desembargador Luís Gustavo Grandinetti; Dr. João Batista Damasceno; Dr. Allan Rocha de Souza; dr. Marcelo Goyanes; dra. Mariana Valente; dr. Rafael Neumayr

14h às 16h

Mesa 10 JORNADA DE DIREITOS AUTORAIS DOS CRIADORES DO AUDIOVISUAL:

Encontro de cineastas da América Latina sobre o fazer e arrecadar direitos do cinema latino. Uma construção da entidade dos realizadores e roteiristas.

Mediação: Hamsa Woody, Dir. de Comunicação Social DBCA

Convidados: Sylvio Back, presidente DBCA; Ricardo Pinto e Silva, secretário geral DBCA –

Dr. Eduardo Ribeiro Augusto, Marcílio Moraes, presidente GEDAR; Horácio Maldonado, Secretário Geral da FESAAL – Federação das Sociedades de Autores Audiovisuais Latino-americanos; Mario Mitrotti, Presidente da ADAL- Aliança dos Diretores Audiovisuais Latino-americanos.

Plataforma Zoom

14h às 17h

TRILHA SONORA NO AUDIOVISUAL (OFICINA)

Plataforma: Zoom

Com DAVID TYGEL

Inscrição: e-mail

15h às 16h30

Mesa 11 NOVOS MODELOS (E NOVO MARCO JURÍDICO) PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS DE PROJETO CULTURAIS E AUDIOVISUAIS

Sinopse: Mesa que vai discutir a prestação de contas e modelos alternativos para a Ancine. (Este assunto tem repercutido entre o meio cinematográfico e audiovisual a partir da realização do evento online promovido pelo TCU – Tribunal de Contas da União, no último dia 05/11/2020, “Diálogo Público – Prestação de Contas de Projetos Culturais’.

Mediador: Ricardo Pinto e Silva

Convidados: André Sturm, pelo SIAESP; Leo Edde, Mauro Garcia, BRAVI; Mauricio Xavier, pela CONNE; Daniela Marinho, Bruno Wainer (Downtown Filmes), Dr. Rafael Neumayr, deputada Lídice da Mata e o deputado Federal Tadeu Alencar pela Frente Parlamentar Mista em Defesa do Cinema e do Audiovisual.

16h às 18h

SENSO CRÍTICO E OLHAR SENSÍVEL NO DOCUMENTÁRIO   (OFICINA)

Com DANIELA BROITMAN

15h às 17h

Mesa 12 MULHERES NO FRONT: DOCUMENTARISTAS BRASILEIRAS

Sinopse: Documentaristas discutirão o cinema político, cinema histórico sob a ótica feminina.

MEDIAÇÃO: BETH FORMAGINI

Convidadas: Carmem Luz, Camila Freitas e Lucia Murat

Plataforma: Zoom

17h às 18h

DEBATE MOSTRA BSB LONGAS DORES E DELÍCIAS DA VIDA SOCIAL E CULTURAL EM BRASÍLIA:

Mergulho na Piscina Vazia/Candango: Memórias do Festival

Mediação: Carina Bini

Plataforma: Zoom com transmissão pelo Canal do YouTube da SECEC

18h às 19h

DEBATE MOSTRA BSB CURTAS “INFÂNCIA E FUTURO NO DF:

Curumins/ Eric/ Do Outro Lado/ Algorítmo

Mediação: Luciana Martuccelli

Plataforma: Zoom com transmissão pelo Canal do YouTube da SECEC

19/12

10h às 11h

DEBATE LONGA:  POR ONDE ANDA MAKUNAÍMA?

Mediação: Ulisses Freitas

11h às 12h

Mesa 13 DIVERSIDADE DE TRATAMENTOS DOCUMENTAIS NOS CURTAS:

NOITE DE SERESTA/ OURO PARA O BEM DO BRASIL/ A TRADICIONAL FAMÍLIA KATU

Mediação: Edileuza Penha

14h às 15h30

Mesa 14 ESTRATÉGIAS DE IMPACTO DO CINEMA AMBIENTAL

Plataforma: Zoom

Mediação: Sol Udry

16h às 18h

Mesa 15 CINEMA E HUMANISMO

Sinopse: Mesa mediada pelo cineasta Renato Barbieri, com a participação de Anne Celestino, Tânia Montoro, Jurema Werneck (Anistia Internacional). A partir dessa mesa, a Anistia Internacional criou o troféu COSME ALVES NETTO, que prestigiará no festival o filme que mais reflita a tendência do cinema humanista.

Mediação: Renato Barbieri

Plataforma: Zoom com transmissão pelo Canal do YouTube da SECEC

17h às 18h

MOSTRA BSB LONGAS UNB E SEM-TERRA:  INTERVENÇÕES POLICIAIS EM DOIS TEMPOS:

Cadê Edson/ Utopia Distopia ”

Plataforma: ZOOM com transmissão pelo Canal do YouTube da SECEC

Mediação: Glória Teixeira

18h às 19h

DEBATE MOSTRA BSB CURTAS – BRASÍLIA ONTEM, HOJE E SEMPRE:

Délfini Brasília, Olhar Operário/ Brasília 60 + 60: Do Sonho ao Futuro

Questão de Bom Senso/ Rosas do Asfalto

Plataforma: Zoom com transmissão pelo Canal do YouTube da SECEC

MEDIAÇÃO: RENATA DINIZ

20/12

10h às 11h

DEBATE LONGA ENTRE NÓS TALVEZ ESTEJAM MULTIDÕES

Plataforma: Zoom com transmissão pelo Canal do YouTube da SECEC

Mediação: Ana Rodrigues (Presidente da ACCRJ)

11h às 12h

DEBATE CURTAS POTÊNCIA DAS MULHERES EM NOVOS CURTAS:

VITÓRIA/ QUANTO PESA/ PAUSA PARA O CAFÉ”

Plataforma: Zoom com transmissão pelo Canal do YouTube da SECECMediação: NAYA LOPES

13h às 14h

DEBATE CURTAS – PERSPECTIVAS DE REPRESENTAÇÃO DO NEGRO NO CINEMA – UMA LEITURA CONTEMPORÂNEA:

GUARDIÃO DOS CAMINHOS/ A MORTE BRANCA DO FEITICEIRO NEGRO

REPÚBLICA

Plataforma: Zoom com transmissão pelo Canal do YouTube da SECEC

Mediação: CLEMENTINO JR

15h às 17h

Mesa 16 BRASÍLIA 60 ANOS – FILMES E PERSONALIDADES QUE MARCARAM O FESTIVAL DE BRASÍLIA (NOVA GERAÇÃ0)

Mediação: Ricardo Cota

Convidados: Paulo Caldas; Claúdio Assi; Maya Darin; André Xará; Lino Meireles; Anne Celestino; Paula Gaitan

Plataforma: Zoom com transmissão pelo Canal do YouTube da SECEC

Mediação: RICARDO COTA

16h às 18h

Mesa 17 CINEMA INDEPENDENTE E DE INVENÇÃO ONTEM E HOJE

Sinopse: o cineasta e produtor Cavi Borges organizou uma seleção de filmes plurais e abrangentes, que foram exibidos nos festivais . Nessa mesa será discutido novas linguagens.

Plataforma: Zoom com transmissão pelo Canal do YouTube da SECEC

Mediação: Cavi Borges

21/1210h às 11h

Debate COMPETITIVA LONGA

IVAN, O TERRIRVEL

Plataforma: Zoom com transmissão pelo Canal do YouTube da SECEC

MEDIAÇÃO: Rodrigo Fonseca

* Com informações da Secretaria de Cultura

53º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (FBCB)

Fonte: www.agenciabrasilia.df.gov.br/2020/12/13/confira-as-atividades-paralelas-ao-festival-de-cinema-de-brasilia

RELATED ARTICLES
- Advertisment -
Google search engine

Most Popular