domingo, agosto 1, 2021
HomeCidades“Brasília em linhas” chega ao Espaço Lúcio Costa – Agência Brasília

“Brasília em linhas” chega ao Espaço Lúcio Costa – Agência Brasília

imagem04-12-2020-19-12-04Em cores vivas, os 60 desenhos e pinturas do artista gráfico denotam um olhar de admiração para a capital brasileira | Foto: Marina Gadelha/Secec

O Espaço Lúcio Costa recebe nesta sexta-feira (4) a exposição “Brasília em Linhas”, composta por desenhos e pinturas do artista gráfico maranhense radicado na capital Jailson Belfort. Em função dos protocolos de segurança em relação a Covid-19, a visitação está restrita a 15 pessoas por vez no salão, de segunda a sexta, das 09h às 15h.

Desde o dia 18 de setembro, os museus da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) voltaram a funcionar gradualmente, seguindo rígidas prescrições definidas pela Portaria 179. Em todos, os visitantes precisam usar máscaras e sapatilhas descartáveis (quando o piso é acarpetado) e passam por medição de temperatura e higienização com álcool gel. “Fizemos um estudo meticuloso, criamos um protocolo específico, de forma que a segurança dos servidores e dos visitantes fossem preservadas”, conta o secretário Bartolomeu Rodrigues.

Traços monumentais em canetas esferográficas

Situado no centro político de Brasília, o Espaço Lucio Costa, que integra o Centro Cultural Três Poderes, recebe 60 desenhos e pinturas de Jailson. Feitos com canetas esferográficas, medindo 42 x 30 centímetros. Em cores vivas, as obras denotam um olhar de admiração para a capital brasileira no diálogo estético entre o céu e os monumentos da cidade.

Leia também

imagem04-12-2020-19-12-06

Museu de Planaltina reabre, com toda a segurança

imagem04-12-2020-19-12-07

Museus reabrem com segurança e tranquilidade

imagem04-12-2020-19-12-08

De forma gradual, museus reabrem e retomam exposições

“Brasília em Linhas” promete fazer visitantes refrescarem o olhar para as formas de monumentos da capital. As peças, produzidas com canetas esferográficas, criando retas e curvas a mão livre, revelam influência, em técnica e criatividade, do artista gráfico holandês M. C. Escher (1889-1972) e seus traços geométricos. “É um privilégio fazer uma exposição em homenagem aos 60 anos de Brasília com obras voltadas para os monumentos patrimoniais da nossa capital”, diz ele.

Sobre a utilização de canetas esferográficas no lugar de pincéis e tinta, Jailson diz que “o fato de a caneta ser um instrumento do dia a dia, usado para escrever, torna surpreendente que com ela a gente também possa fazer arte. Acho desafiador e prazeroso”.

o fato de a caneta ser um instrumento do dia a dia, usado para escrever, torna surpreendente que com ela a gente também possa fazer arte. Acho desafiador e prazerosoJailson Belfort, artista gráfico maranhense

Influência de Daniel Azulay

Jailson começou a desenhar na infância, fã do apresentador de TV e ilustrador Daniel Azulay (1947-2020). Formado em design pela Universidade Federal do Maranhão, trabalhou com publicidade e propaganda, atuando como designer gráfico, ilustrador e diretor de arte, na criação de peças publicitárias, logos e identidade visual. Também tem experiência na área de criação, projeto gráfico e diagramação de revistas e jornais.

Simone Soares, doutora em Antropologia pela Universidade de Brasília (UnB), assina o texto de apresentação da mostra, onde anota que “lugares e monumentos marcantes da capital federal são homenageados nesta mostra artística de abordagem criativa”. Sobre a viagem cromática, diz que “a cor viva representa o céu icônico da cidade. A neutra revela detalhes do monumento, num efeito que brinca com os elementos de luz, sombra, figura, fundo e ângulos”.

Espaço Lúcio Costa

Visitação: sexta a domingo, das 09h às 15h.

Lotação do salão: 15 pessoas. Completada a capacidade, será formada fila de espera.

Observação: obrigatórios o uso de máscara e propé no carpete. Será feita medição de temperatura e disponibilizado álcool gel.

Telefone para dúvidas: (61) 98355-9870.

E-mail: [email protected]

“Brasília em Linhas”

Desenhos e pinturas do artista gráfico Jailson Belfort

Abertura: dia 04/12, sexta-feira

Endereço: Praça dos Três Poderes

Entrada gratuita

*Com informações da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF

Brasília em Linhas espaço lucio costa Jailson Belfort secretaria de cultura e economia criativa

Fonte: www.agenciabrasilia.df.gov.br/2020/12/04/brasilia-em-linhas-chega-ao-espaco-lucio-costa

RELATED ARTICLES
- Advertisment -
Google search engine

Most Popular