terça-feira, julho 27, 2021
HomeCidadesPrograma Start BSB aprova 300 projetos para a Fase 2 – Agência...

Programa Start BSB aprova 300 projetos para a Fase 2 – Agência Brasília

imagem24-11-2020-19-11-27

Nesta segunda-feira, 23 de novembro, o Start BSB, programa de incentivo ao empreendedorismo inovador com o objetivo de transformar ideias em negócios de sucesso, divulgou as 300 ideias aprovadas para a Fase 2 , após o prazo final para recursos. A iniciativa é promovida pela Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal – FAP-DF, com apoio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, e operado pela Fundação Certi – especializada em inovação e selecionada pela FAP-DF para o Start BSB.

Ideias aprovadas

Das 300 ideias aprovadas nesta primeira fase, 286 são provenientes do Distrito Federal, 13 ideias são do estado de Goiás e 1 de Minas Gerais. Sobre as temáticas dos projetos, 33,7% das ideias apresentadas se aplicam a temática de Tecnologia Social; 12% a Automação e 11% se aplicam ao setor de Tecnologia da Informação e Telecom. Também foram aprovadas ideias com temáticas na área de Inteligência Artificial e Machine Learning (10,7%), Internet das Coisas (6%), Biotecnologia e Genética e Big Data, ambos com 4,7% e Design com 4,3%.

Em relação aos setores de aplicação das ideias aprovadas, 85 são voltados ao setor Social, 81 para o setor de Saúde e Bem Estar, Tecnologia da Informação e Telecomunicações com 73 ideias e 69 para o setor de Educação. Foram aprovados também para Comércio e Varejo e Economia Criativa, ambos com 59 ideias, Marketing e Mídias (47), Meio Ambiente e Bioeconomia (44), Agronegócio (34), Economia do Turismo, Gastronomia, Eventos e Lazer (31), Financeiro (23), Transporte, Logística e Mobilidade (22) e Administração Pública (18).

85 projetos aprovados são voltados ao setor Social

Quanto ao perfil dos proponentes das ideias inovadoras, aproximadamente 74% são do gênero masculino, 24% do gênero feminino e menos de 1% estão registrados como outro ou preferiram não comentar. A faixa etária dos empreendedores aprovados na Fase 1, 89 registraram ter entre 31 e 40 anos, 81 proponentes entre 25 e 30 anos e 63 empreendedores entre 18 e 24 anos. Também foram aprovadas ideias de 46 participantes com idade entre 41 e 50 anos, 14 com idade entre 51 e 60 anos, 6 com faixa etária de 61 a 70 anos. Uma pessoa registrou ter acima de 70 anos, mostrando que não existe idade para começar a empreender.

Na autodeclaração racial, aproximadamente 56% declararam ser brancos, 40% como pessoas negras (pardos e pretos), 3,67% como amarelas e 0,33% como indígenas.

No quesito formação dos participantes aprovados, 53% concluíram ou estão cursando o Ensino Superior e 42,3% estão cursando ou concluíram a Pós-graduação e 4% com formação técnica ou Ensino Médio em andamento ou concluído.

Confira aqui o perfil das 300 ideias aprovadas.

Quais os próximos passos?

Com a vaga garantida para a segunda fase do Programa, as equipes empreendedoras das 300 ideias selecionadas deverão elaborar e submeter até o dia 07 de dezembro um Projeto de Empreendimento, detalhando o plano de negócio executivo com o objetivo de demonstrar a viabilidade da solução. Durante a primeira semana de submissões, os participantes selecionados terão acesso a capacitações diárias e um Workshop ao vivo para elaborar um projeto mais conciso.

A terceira fase, na qual serão aprovadas até 200 ideias inovadoras, consiste no desenvolvimento de um Projeto de Fomento, com apresentação detalhada do orçamento e do planejamento de execução do projeto. Ao longo de todas fases são oferecidas capacitações para auxiliar o empreendedor a aprimorar sua ideia e desenvolver seu projeto.

Ao final, até 50 projetos serão contemplados, cada um com até R$ 70 mil em subvenção econômica, até R$ 42 mil em bolsa de apoio a P&D e outros benefícios oferecidos por parceiros do programa. Ainda, durante seis meses, essas empresas passarão por um processo de acompanhamento com suporte e capacitação para transformar suas ideias em negócios de sucesso.

Leia também

imagem24-11-2020-19-11-28

Trezentas ideias para o empreendedorismo inovador

Aprenda a gerar boas ideias. GDF apoia

Mais uma live do programa Start BSB

O Programa

O Programa Start BSB visa contribuir para o estabelecimento da ponte entre academia e mercado no Distrito Federal, tendo em vista que muitas ideias são provenientes de pesquisadores da universidade, tanto de cursos de graduação como de pós-graduação. Além disso, o programa tem como objetivo impulsionar o empreendedorismo inovador e acelerar o desenvolvimento do ecossistema de inovação do DF e entorno possibilitando o desenvolvimento e o intercâmbio de conhecimentos e tecnologias.

*Com informações da FAP-DF

FAP-DF (Fundação de Apoio à Pesquisa do DF) Secti Start BSB

Fonte: www.agenciabrasilia.df.gov.br/2020/11/23/programa-start-bsb-aprova-300-projetos-para-a-fase-2

RELATED ARTICLES
- Advertisment -
Google search engine

Most Popular