Html code here! Replace this with any non empty raw html code and that's it.
Home Cidades Segurança de ciclistas na pauta do GDF – Agência Brasília

Segurança de ciclistas na pauta do GDF – Agência Brasília

- Advertisement -

imagem06-11-2020-21-11-56Grupos de ciclistas se reuniram no Buriti e levaram reivindicações, entre as quais algumas já fazem parte das ações empreendidas pelo GDF | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

A criação de uma comissão para acompanhar as políticas públicas voltadas ao ciclismo, a elaboração de estudos técnicos para melhorar a sinalização e o trânsito nas obras viárias e o lançamento de campanhas educativas são algumas das soluções apresentadas pelo GDF aos representantes de ciclistas que foram ao Palácio do Buriti nesta quinta-feira (5) encaminhar um documento com reivindicações da categoria.

“Sempre fomos bem-recebidos, e sabemos que nossas propostas também serão bem-recebidas”, declarou um dos organizadores do movimento, Eduardo Guimarães. Ele disse esperar apoio do GDF e citou a ONG Rodas da Paz – organização que, conforme informou o titular da Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob), Valter Casimiro, já faz parte do Conselho de Transporte do DF.

Leia também

imagem06-11-2020-21-11-00

Trechos de ciclovias no DF aumentam 20% desde 2019

 

Ciclistas e trânsito

Segundo Eduardo, o DF tem aproximadamente 140 grupos organizados de usuários de bicicleta como meio de transporte e/ou de lazer. “Nós, dos grupos de pedal, fazemos um trabalho incessante com os ciclistas, pedindo para que respeitem as leis de trânsito e que os motoristas as respeitem também”, destacou.

O secretário de Transporte e Mobilidade reforçou:  “Precisamos ver como melhorar o controle de velocidade nas vias, fazer a interligação das ciclovias e criar conselhos para acompanhar o planejamento e a aplicação de recursos para melhorar a malha cicloviária”.

“Já existem várias medidas por parte do GDF, mas sabemos que podemos melhorar, e por isso estamos ouvindo os movimentos para juntos buscarmos as soluções dos problemas viários” Valter Casimiro, secretário de Transporte e Mobilidade

Casimiro lembrou que Brasília é a única cidade do país onde há uma lei que determina a construção de uma ciclovia a cada vez que uma rodovia for concluída. “Então, já existem várias medidas por parte do GDF, mas sabemos que podemos melhorar, e por isso estamos ouvindo os movimentos para juntos buscarmos as soluções dos problemas viários”.

Ações alinhadas

Assim como a Semob, o Departamento de Trânsito do DF (Detran) e o Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER) estão engajados nos estudos para implantar medidas que beneficiem tanto usuários de bicicleta quanto pedestres e motoristas.

“Temos buscado, cada dia mais, conscientizar a sociedade sobre a necessidade de respeito aos ciclistas”, ressalta o diretor-geral do Detran, Zélio Maia da Rocha. “Temos que acabar com a cultura de que Brasília é cidade para carro e criar a cultura do respeito no trânsito, por meio de campanhas educativas. O condutor do carro, muitas vezes, encara o ciclista e o pedestre como seus rivais no trânsito.”

“Temos que acabar com a cultura de que Brasília é cidade para carro e criar a cultura do respeito no trânsito, por meio de campanhas educativas” Zélio Maia da Rocha, diretor-geral do Detran

Algumas dessas ações já se encontram em andamento, pontua Fauzi – como as campanhas permanentes do Detran que levem eventos às regiões administrativas (RAs). “Vamos também lançar uma campanha maciça de proteção ao motociclista, ciclistas e pedestres, porque temos de pensar que os espaços públicos são de todos, onde o menor tem de ser respeitado pelo maior”, reforça.

“Podemos dizer hoje que Brasília tem a maior malha cicloviária do país” Fauzi Nacfur Junior, diretor-geral do DER

Por sua vez, o diretor-geral do DER, Fauzi Nacfur Junior, ressalta que o órgão tem trabalhado de acordo com a orientação da Semob. “Por isso podemos dizer hoje que Brasília tem a maior malha cicloviária do país”, afirma. A educação no trânsito é uma das prioridades do GDF, atenta Fauzi.

“Não vamos chegar aos nossos objetivos sem a educação no trânsito, e por isso, com orgulho, lembro que o DER tem a Transitolândia, a cidade do trânsito, que o órgão compartilha todos os dias com as escolas para a educação de crianças de 10 a 14 anos”, destaca. “Acreditamos nesse projeto, porque essas crianças serão, daqui a alguns anos, os motoristas, os ciclistas e os pedestres das vias do Distrito Federal. Assim, vamos conseguir atingir a meta de zerar os acidentes e mortes no trânsito.”

*Com informações da Semob

campanhas ciclistas ciclovias DER Detran reivindicações Rodas da Paz Secretaria de Transporte e Mobilidade segurança sinalização trânsito

Fonte: www.agenciabrasilia.df.gov.br/2020/11/06/seguranca-de-ciclistas-na-pauta-do-gdf

- Advertisement -
- Advertisement -

Stay Connected

16,985FansLike
2,458FollowersFollow
61,453SubscribersSubscribe

Must Read

- Advertisement -

Related News

- Advertisement -