sábado, julho 31, 2021
HomeCidadesRally da solidariedade toma forma nas palavras e desenhos de crianças do...

Rally da solidariedade toma forma nas palavras e desenhos de crianças do DF – Agência Brasília

imagem31-10-2020-12-10-21Miguel Bryan foi o vencedor do concurso de melhor redação: notebook ajudará nos estudos. Foto: Cláudio Gerber/Setur

Quatro crianças do Distrito Federal têm motivos de sobra para não esquecer jamais da passagem do Rally dos Sertões por Brasília em 2020. Alunos da rede pública de ensino puderam participar de um concurso de redação e de desenho promovido pela organização da competição, em parceria com o Governo do Distrito Federal, e dois jovens foram premiados em cada categoria, que teve como temática a solidariedade. A notícia foi dada às crianças pela secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, que é a embaixadora do Sertões 2020 em Brasília.

Miguel Bryan Gomes de Araújo, de 13 anos, estudante do 7º ano do CEF Polivalente, foi o vencedor na categoria Redação e receberá um notebook. O jovem, que mora no Recanto das Emas com os pais Marilene Gomes Ferreira e Elton Araújo, se emocionou com a notícia e deu uma aula de empatia. “Não esperava ganhar, mas Deus sabe de todas as coisas”, disse. “Solidariedade não é apenas com bens materiais, às vezes é apenas um abraço, uma palavra de apoio”, afirmou.

Leia também

imagem31-10-2020-12-10-24

Alok e Nelsinho Piquet voltam a Brasília pelo Rally dos Sertões

imagem31-10-2020-12-10-25

Brasília integra roteiro inédito dos Sertões 2020

imagem31-10-2020-12-10-26

Governo do Distrito Federal negocia parceria com o Rally dos Sertões

E seu texto afirma justamente isso. Na redação campeã, Miguel escreveu: “A solidariedade se baseia em compreender o sofrimento do outro e, principalmente, se propor a solucionar ou amenizar o problema. Nós vivemos em tempos difíceis e turbulentos, estamos face a face com desafios globais sem precedentes. Observamos mudanças climáticas e crises econômicas. Vemos também fome e doenças, depressão e ansiedade, relações tóxicas, terrorismo e guerras. É exatamente neste momento que mais precisamos da solidariedade”.

A secretária Vanessa Mendonça destacou o poder transformador de ações como esta. “Temos aqui um aluno brilhante que receberá um incentivo para que siga em frente. No entanto, mais do que o prêmio, o que nós percebemos é que plantamos uma semente para o futuro quando falamos de solidariedade dentro da sala de aula”, aponta. “O verdadeiro legado é cada aluno das nossas escolas conhecer e entender a importância de uma sociedade mais justa e solidária”, completou.

A professora Kellen Nogueira, da disciplina de Ciências Naturais, foi a responsável pela inscrição de Miguel. Segundo ela, a passagem do rally foi abordada em sala de aula ligando a preservação do Cerrado e a importância da solidariedade. “Com o ensino remoto nós buscamos incentivar os alunos mais ainda. Não foi o primeiro destaque do Miguel este ano”, revela. “Ele construiu um forno solar que foi destaque na gincana de ciências da escola. Deu para esquentar até uma torrada”, se diverte.

Edilene Abreu, coordenadora da regional de ensino do Plano Piloto, afirmou que 10 escolas se inscreveram para as premiações do rally e do GDF. “Foi uma escolha muito difícil, tivemos mais de 60 alunos que foram classificados para concorrer aos prêmios nas duas categorias. Foi uma disputa muito interessante”, contou.

Em segundo lugar, Ana Luiza Silva Oliveira, de 10 anos, estudante do 4º ano da Escola Classe Granja do Torto, foi inscrita pelos educadores Danielle Gonçalves, Patrícia Paula Corrêa e Márcia Peixoto. Em sua redação, que também foi premiada com um notebook, ela mostrou que sabe tudo sobre o Sertões 2020. “O ano de 2020 foi um ano de mudanças e adaptações para o mundo e não foi diferente para o Rally dos Sertões, que não só irá mudar como vai ajudar as pessoas”, escreveu.

Na categoria Desenho, a pequena Marília Brandão Beber, de 6 anos, se mostrou tímida ao receber a notícia de que havia ganhado o concurso. Mas seu desenho fala por ela, com muitas cores e curvas que retrataram os carros do rally em meio aos ipês de Brasília, com a Ponte JK ao fundo. O fundador de Brasília, inclusive é quem dá a bandeirada na visão da jovem. O pai, Tiago Cossettin Costa Beber, afirmou que a família incentiva Marília a se expressar. “Construímos o desenho em um processo, desenhando os monumentos, os carros e criando a história do rally”, explica.

Marília foi inscrita pelos educadores Helder Spaniol e Lauro Mendes Filho, que lecionam artes visuais. A diretora Ana Paula Zambelli dos Reis, da Escola Parque 303/304 Norte, onde a criança estuda, afirma que o concurso foi um sucesso entre os alunos. “Eles ganharam um conhecimento do que é o rally, do que ele traz de legado junto com a competição, aprimoraram o lado artístico e tiveram um aumento na auto-estima”, garante.

O segundo lugar entre os desenhos ficou com Arthur Lopes de Almeida, estudante da Classe Especial B da Escola Classe 111 Sul, inscrito pela educadora Adriana Peixoto. No desenho, os carros competem em frente ao Congresso Nacional em um belo dia de céu azul típico de Brasília.

O legado social do Rally dos Sertões para Brasília não se limita apenas ao concurso na rede pública de educação. Cerca de mil cestas básicas serão compradas de pequenos comerciantes do Distrito Federal e distribuídas nas comunidades carentes da zona rural. Além disso, o serviço de telemedicina do SAS Brasil, ligado ao Sertões, ficará disponível por um ano para os brasilienses.

“Tenho certeza que a passagem do rally por Brasília já está marcada na história da cidade e em várias histórias que serão tocadas pelo legado social. Brasília é uma das cidades mais lindas do mundo e isso será mostrado pela competição. E é importante que nossas crianças cresçam vendo essa beleza que encanta o mundo”, afirma a secretária Vanessa Mendonça.

imagem31-10-2020-12-10-27A pequena Marília Brandão fez o desenho vencedor do concurso e receberá uma TV. Foto: Cláudio Gerber/Setur

Vencedores

TV – Categoria Desenhoimagem31-10-2020-12-10-29

1º Lugar – Marília Brandão Beber, de 6 anos, estudante do 1º ano da Escola Parque 303/304 NorteMoradora da Asa NorteInscrição: Helder Spaniol

imagem31-10-2020-12-10-30

2º Lugar – Arthur Lopes de Almeida, estudante da Classe Especial B da Escola Classe 111 SulInscrição: Adriana Peixoto

Notebook – Categoria Redação

imagem31-10-2020-12-10-31

imagem31-10-2020-12-10-33

1º Lugar – Miguel Bryan Gomes de Araújo, de 13 anos, estudante do 7º ano do CEF PolivalenteMorador do Recanto das EmasInscrição: Kellen Nogueira e Cláudia Caixeta

imagem31-10-2020-12-10-34

2º Lugar – Ana Luiza Silva Oliveira, de 10 anos, estudante do 4º ano da Escola Classe Granja do TortoInscrição: Danielle Gonçalves, Patrícia Paula Corrêa e Márcia Peixoto

* Com informações da Setur

rally dos sertões

Fonte: www.agenciabrasilia.df.gov.br/2020/10/31/rally-da-solidariedade-toma-forma-nas-palavras-e-desenhos-de-criancas-do-df

RELATED ARTICLES
- Advertisment -
Google search engine

Most Popular